18.3.06

Astral

Eu tenho uma tendência a não acreditar em nada que me digam... Em nada pré-fabricado, pré-existente ou defendido ardorosamente por algúem...
Não sei se por falta de crença nas pessoas ou nas coisas, eu tendo a deixar as coisas rolarem... Intuitivamente me apego a uma ou outra coisa que aparece...
Uma delas é a Astrologia... Não sei quando nem porquê o interesse surgiu, mas comecei a observar as pessoas e os signos e achei fácil fazer uma associação básica entre elas, e agora me divirto fazendo isso.

Mesmo achando a Astrologia interessante, só esse ano resolvi fazer meu mapa astral, e confesso que fiquei chocada com algumas coisas...

É engraçado quando a gente encontra respostas a crises existenciais... A gente começa a achar que aquilo ali é realmente incrível, e não deixa de ser, do ponto de vista emocional...
É um apego ao fato de que alguém (ou alguma coisa) finalmente pode te entender e tentar te explicar o que você tem que fazer...
E no fim, é mentira, só a gente pode saber como é e o que deve fazer da vida...

ASTROLOGICAMENTE FALANDO EU SOU ASSIM:


- Leonina com ascendente em Áries, e lua em Sagitário... (cuidado, quem brinca com fogo faz xixi na cama!)

- Leão e Áries são signos do mesmo elemento, o Fogo, e esta combinação num mapa astrológico é a marca registrada de uma pessoa criativa, que veio para este mundo para brilhar e chamar a atenção das pessoas no que diz respeito a uma verdade: todos temos talentos especiais, podemos e devemos usá-los, sem medo de ser feliz! (Eu sempre disse isso mas ninguém me leva a sério)

- Uma certa qualidade espontânea e infantil é visível em seu mapa. Sob muitos aspectos, você tem uma natureza franca no estilo “bomba”, precisando aprender a cultivar uma certa diplomacia a fim de não causar estrago em torno de si. (sim, eu contenho uma hecatombe em minhas palavras)

- O seu processo de despertar da consciência envolve mergulhos profundos de alma, pois você tem sentimentos e anseios mais profundos do que o geral. (sou fudida, isso sim... por isso que nem psiquiatra me aguenta)

- A falta de elemento Terra num tema astrológico sugere um desligamento do mundo físico e das necessidades materiais e terrenas, de modo que a pessoa fica se sentindo "um ser do espaço". (Eu sou definitivamente um E.T.)

- Você, exatamente por conta de problemas de conexão com a Terra, pode ser uma pessoa muito mais criativa, pois não acredita em palavras como "impossível" ou "inviável". (Paris, hoje?)

- Pode acontecer também, por conta da falta de Terra, ter problemas com seu corpo físico, decorrente da dificuldade de ancoragem. Sua natureza é como a de moléculas pouco coesas, como se qualquer vento mais forte lhe fosse quebrar. (bonita por fora, podre por dentro...)

- Você, com falta de Ar, tende a se envolver em situações complicadas, sobretudo no que diz respeito a relacionamentos. Você se envolve com tudo, até com o que não era da sua conta. (É... foda! Eu sempre digo que sem uma complicaçãozinha na vida, ela fica muito monótona)

- Pessoas com problemas de Ar são dadas a simpatias intensas e antipatias atrozes. (sem comentários...)

- O lado especulativo e filosófico de Sagitário leva você a tentar encontrar um “sentido maior” por detrás de tudo o que lhe acontece. Esta também é a Lua dos bonachões, das pessoas bem humoradas, que cultivam uma atmosfera de “não estou nem aí”. (Tô nem aí! Tô nem aí!)

- Sagitário é um signo que odeia sentir tristeza, de modo que não é surpreendente que a você tenha tanta dificuldade de encarar o lado sombrio da própria natureza, de travar contato com sentimentos ruins. Você pode usar muita energia para evitar ter contato com seus sentimentos ruins, e isso pode explodir eventualmente na forma de depressão ou de males somáticos. (Eu tenho somatite aguda!)

- Emoções muito intensas são a marca registrada desta Lua de Casa 8 e você, precisa desenvolver uma atenção redobrada para não ser vítima de obsessões emocionais às quais você se apega. (Maníaca-compulsiva-obssessiva-emocional-intensa!)

- Você possui um fascínio natural pelo sexo e pela psicologia, e tem uma facilidade para fazer as pessoas se abrirem com você. Muitas dizem que têm a impressão de lhe conhecer de longa, longa data, e abrem seus corações, contando coisas que talvez não diriam nem para os analistas! (Vou começar a cobrar!)

- Você nunca pensa apenas em si: ainda que num momento que exija egoísmo e individualismo, você busca a harmonia entre os opostos, inclusive se atraindo naturalmente pelo que é diferente. (os meus amigos sabem que isso é verdade pura...)

- Em geral, pessoas com harmonias entre Sol e Lua preferem relacionar-se a ficar sozinhas, e em geral há um bom entendimento com o sexo oposto, o que garante popularidade. (Eu sei que eu sou legal...)

- predisposição a apegar-se mais rápido do que manda a racionalidade. (sempre!)

- Seu senso de beleza se desenvolve quando você troca idéias com os outros, isso verdadeiramente lhe traz prazer. (Com certeza!)

- você é alguém perfeitamente capaz de compreender o verdadeiro significado da palavra "amor", com todas as implicações de autodoação que esta curta e poderosa palavra sintetiza. (será?)

- dificuldade em viver o amor saudavelmente, uma vez que você se acostumou a se recolher por detrás de poderosas defesas. Comportamento maniacamente desconfiado. (além de todas as manias, ainda sou desconfiada...)

- uma inteligência mais intuitiva do que necessariamente lógica e racional. (já disse isso lá em cima)

- o regente da sensibilidade emocional (Lua) lhe confere um bom senso de observação, de modo que o entendimento das coisas flui com facilidade. A harmonização entre a Lua e Mercúrio confere ao tipo uma boa memória que lhe garante enorme lucidez. (Concordo com o senso de observação... A lucidez varia com o dia)

- Este é um aspecto que sugere uma vida com muitas viagens e movimento. (Tô esperando...)

- a forma de se comunicar deste tipo, apesar de clara e lúcida, tende mais ao fantasioso do que ao objetivo. (eu aumento, mas não invento...)

- Muito cedo, você aprende que conhecimento é poder. E, quer seja isto verdade ou não, você pretende usá-lo. (e uso)

- pode ser considerado um indivíduo "esquisito" pelos seus pares, e mesmo excluído do convívio social por conta de suas "idéias esquisitas". (acho que todos os meus amigos têm esse trânsito, pq eu era justamente incluída no convívio deles por causa das minhas idéias esquisitas...)

- atitudes de estudo compulsivas e geralmente monomaníacas, dedicadas obsessivamente a um assunto em específico. (redundância de manias e obssessões...)

- é muito comum que a pessoa subitamente transforme suas obsessões intelectuais num total abandono mental. (eu estava me desintelectualizando há um tempo atrás... Mas desisti, dá muito trabalho!)

- Um grande passo é dado se você conseguir se desapegar das próprias idéias, relaxando e não levando tão a ponta de faca alguns princípios. A tolerância intelectual é um exercício importante. (eu odeio burrice)

- você é uma pessoa justa, humana, que entra em batalhas para tornar o mundo e a sociedade um lugar melhor para se viver. (Green Peace, aí vamos nós!!!)

- você tem o dom de reavivar os outros com um entusiasmo contagiante em relação a projetos, causas, ideais e metas. (as pessoas são muito pra baixo!)

- você veio para este mundo com o objetivo de aperfeiçoar a realidade em torno, tendo uma abordagem crítica em relação à forma como nós vivemos neste mundo. (acho que ainda não terminei minha crítica ao mundo, pra saber o que penso dele ainda...)

- é preciso aprender a relaxar este excesso de controle, caso contrário você ficará doente! (eu não vou ficar, eu fico sempre!)

- O estudo da energia sexual, do orgasmo, do tantra yoga, tudo isso lhe leva a um processo natural de expansão da consciência, e de conseqüente liberdade para níveis maiores. É através do sexo que você dá saltos de consciência. (alguém quer me ajudar?)

- Num nível mais mundano, Netuno na Casa 9 pode sugerir viagens e jornadas de peregrinação, descobertas e identificação espiritual com outras culturas, laços espirituais com terras distantes. (terras distantes? eu vou ser abduzida?) Pode haver uma confusão inicial quanto à vida universitária, que se resolve com o tempo. (resolve é?)

- através das suas relações que mudanças profundas e crises de identidade são desencadeadas em sua vida. (disso ninguém precisava me avisar)

- é provável que você venha a ajudar muitas pessoas que estão passando por situações extremamente dolorosas. Você é uma espécie de força auxiliar para pessoas em fases de crise extrema e transição. Observe a beleza deste papel! (Tô tentando... Juro que estou tentando!!!)

Nenhum comentário: