2.8.08

Deus é sádico...

Eu sou uma pessoa que acredita em destino, acaso, encontros e desencontros. Coincidências? Não muito. Mas hoje passei a acreditar que Deus existe sim, e que ele é um sádico...

Nessa vida de "hoje se ganha, amanhã se perde", e "tudo bem, deixa rolar", "um dia a gente vai à forra", nada é mais propício que as voltas que o mundo pode dar, e as pessoas que a gente vai acabar encontrando por aí...

Triste é constatar que a pessoa que você mais quer encontrar mora a menos de um quilômetro da sua casa, no seu mesmo bairro, na sua mesma cidade, e que você jamais o encontrou sem querer. E que três anos depois de um estranho (?) Par ou Ímpar, você acaba reencontrando uma pessoa que você nunca imaginou reencontrar, numa cidade distante, num bairro distante, num aniversário de uma amiga que você viu pela última vez há exatamente um ano...

Deus é sádico, sim, sem a menor dúvida. Ele está aí em todos os detalhes para esfregar algumas coisas bem na nossa cara. Às vezes não lembrar de algo nem é tão ruim assim... Desistir? Nunca. Se iludir? Jamais. Mas a não sapiência às vezes é o melhor dos presentes...

Sorte no jogo, azar no amor, nem sempre é um ditado babaca... Pior é azar nos dois, duas vezes.

3 comentários:

Gwyn disse...

Nat,

lendo o que voce escreveu me fez lembrar de um documentario que assisti a algum tempo atraz acho que o nome era "Love, War and Betrayal"..ou qualquer coisa assim. Historias veridicas sobre casais que quando o pais entrou na IIGM resolveram casar antes deles irem para longe guerrear... muito interessante como a tudo acontece/u.
Nao se preocupe, na hora certa voce ganha o "par ou impar" e so ter paciencia para esperar.

Brancaleone disse...

Deus não é sádico. Aliás deus nem existe.
Nat querida, este seu coraçãozinho vive de sobressaltos!!!
Não procure, deixe que venha ou não. Pode ter certeza que vem. Eu tive que sair dum casamento de 6 anos e um filho para entrar noutro que já dura duas filhas ( uma de 11 outra de 1,5) e 19 anos tezudíssimos anos.
A melhor maneira de não decepcionar-se é não criar expectativas.

Samoça disse...

Oi Nat...

Concordo com essa frase do Brancaleone:
"A melhor maneira de não decepcionar-se é não criar expectativas."

Mas um comportamento assim, é fora do comum. E eu sou muito comum. Seja o que Deus quiser... Mesmo sendo imoral ou engordando.

Beijo.