5.8.08

Duplo Sentido

Reparei pelos comentários aí do post abaixo que as pessoas me interpretam mal se eu não usar um pouquinho de ironia no texto. É interessante isso, visto que tenho um lado meio filosófico-escambalhótico que as pessoas detectam primeiro. Bem, vou ter que usar mais dos meus trocadilhos infames enquanto escrevo, para as pessoas darem risadas e não acharem que estou filosofando algo incompreensível.

---

Por falar em trocadilhos, o problema é que alguns ficam completamente sem graça quando escritos. A habilidade em tecer cenários eu não tenho. Por exemplo, neste sábado fatídico quando Deus destilou seu sadismo sobre mim, tivemos (eu e minhas amigas) um papo super legal sobre um cara, digamos, bem dotado, que vem a ser vizinho de uma delas. Depois, andando pelas ruas do Rio, em seus bueiros esvoaçantes, eu disse: _O pecado mora ao lado. Estava me referindo ao filme, claro. As amigas acharam que eu estava falando do cara. Tudo bem, eu disse, esse é um pecado que eu adoraria co-meter. Sacaram?

---

Pois é, fica bem melhor falado e não escrito... Ganhei até palmas pelo trocadilho mais infame da noite. E foram vários...

---

Por falar em coisas que não ficam bem escritas, ontem estava vendo uma reportagem sobre um alto executivo da Lufthansa que denunciou um esquema de combinação de preço pra sair ileso da denúncia do Ministério Público. A iniciativa foi nobre, mas depois que eu vi um "fasso", assim mesmo com dois esses, eu achei que o cara merecia um tempinho na prisão... Quem sabe com tempo livre pra ler, ele não aprenda um português decente.

---

Isso porque era um alto executivo, vejam bem...

---

E agora, pra vocês se divertirem um cadinho, vou mandar aqui eu cantando. Preparem os fones de ouvido, porque Deus é sádico e me deu uma cara-de-pau gigante pra cantar em tudo quanto é lugar, e esqueceu de um detalhe básico: a afinação.

Eu sou a de azul...

4 comentários:

Samoça disse...

Oi Nat,

Ô tempo bom...

Beijo.
:)

Bruno Stern disse...

Também tem vídeo de quando vocês foram "dar a volta" na lagoa??

Brancaleone, "O" cara... disse...

Nat querida.

Eu sim sou bem datado ( e não dotado) minha data é 1961, mas meu corpinho é de quem nasceu em 62...

Nat disse...

Stern, graças a Deus que não tem filminho da "volta na lagoa".

Daquele dia eu só tenho alguns pesadelos, nenhuma lembrança boa!!!

;- )