21.10.08

Lapinha na Lapa

Sábado eu tive uma grata surpresa ao resolver conferir o show de um amigo violonista. A cantora que ele acompanhava conseguiu o que poucos conseguem: emocionar. É nessas horas que a gente percebe o quanto a música é mágica e o quanto são mágicos os que conseguem brincar com a música.

Deixo vocês com a Thaís. Aproveitem!


Um comentário:

El Torero disse...

Que beleza, Nat. Bem do tipinho que eu gosto.
E parabéns para a Thaís, canta muito.