28.11.08

Das coisas inexplicáveis...

Existem coisas que não tem explicação. Uma delas, por exemplo, é eu resolver começar um post sobre uma coisa que, de antemão, eu já sei que não conseguirei explicar. É este o caso. Pensei no assunto e depois pensei em escrever sobre o assunto e depois pensei sobre o pensamento anterior, e descobri que seria impossível escrever sobre assunto que não pode ser assuntado. Não que não possa, este até pode, mas eu não saberia fazê-lo. É porque algumas coisas são inexplicáveis, inditáveis e indescritíveis.

Eu poderia citar uma porção de coisas assim, tais como a vida, por exemplo. Mas se a vida é inexplicável, porque escrever tanto sobre ela? Exatamente porque não tem explicação. É por isso que se fala tanto na vida. E vocês podem me perguntar: Mas a morte não é ainda mais sem explicação? Eu diria que não. Esta última somente acontece, nada se pode fazer. Mas a vida, ahhhh a vida, ela não simplesmente acontece... Ela nasce, ela surge, ela irrompe, ela inferniza, ela parabeniza, ela afaga, ela critica, ela vibra. Porque ela é a vida.

Assim, pura e simplesmente, sem explicação...

Nenhum comentário: